As Ruínas Maias de Chichén Itzá, passeio imperdível no México.

Reservamos um dia inteiro para esse passeio, como saímos de Playa del Carmen, que fica cerca de 180 Km das ruínas. A viagem foi um pouco longa, mas valeu cada minuto. Esse post será um pouco extenso. Nesse dia conhecemos também o cenote Zací e a bela cidade de Valladolid. Você verá neste post um relato da nossa visita, com as nossas dicas para conhecer este lugar incrível.

Um resumo da importância de Chichén Itzá

Chichén Itzá foi a capital do povo maia, e por isso é tão importante para a história do México. O local foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco, foi eleito, em 2007, uma das Sete Novas Maravilhas do mundo. Esse passeio é imperdível, com certeza vale muito a pena conhecer essas ruínas. Você pode optar por fazer o passeio com um guia para poder entender de verdade como funcionava a cidade, suas curiosidades e seus detalhes. Na entrada do parque você também poderá pegar um mapa que contém algumas informações sobre o lugar. O sítio arqueológico de Chichén Itzá está localizado no estado mexicano de Yucatan.

Chichén Itzá significa:  “A cidade à beira do poço dos Itzás”.

O ponto alto de Chichén Itzá que mais chama atenção, sem dúvidas, é a pirâmide El Castillo, também conhecido como a Pirâmide de Kukulcán. Ele é o templo principal, onde duas vezes por ano as sombras reproduzem a imagem de Kukulcán, a serpente plumada. Sua construção é magnífica e realmente impressionante.

Essa pirâmide foi erguida para o deus maia Kukulcán, a pirâmide El Castillo é uma construção piramidal contendo 9 plataformas que atingem 30 metros de altura. A base quadrada tem 55,3 metros de lado. As quatro faces têm escadarias de acesso para o único templo no topo. Cada escadaria possui 91 degraus que, incluindo-se a plataforma do templo, totalizam 365 passos, igual ao número de dias do haab, o calendário maia. Na parte inferior da escadaria Norte há duas cabeças de Kukulcán, a serpente emplumada.  A sombra de Kukulcán, o deus-serpente dos maias, passeia por Chichén-Itzá durante os equinócios de primavera e de outono, quando noite e dia têm a mesma duração.

elaterraeumar_chichen_equinócio
Fonte Google

 

Dica: Quando estiver no gramado caminhando ao redor da pirâmide, bata palmas quando estiver de frente para a escadaria da pirâmide. O eco faz um barulho que lembra o canto de um pássaro da região à procura das fêmeas. Os guias explicam que os engenheiros maias pensaram no espaçamento e declínio de cada bloco de pedra para provocar esse efeito. O plano acústico foi projetado para que quando o sacerdote falasse do alto do templo sua voz chegasse a todos.

 

Algumas fotos nossas durante o passeio perto da pirâmide

Além da pirâmide El Castillo (Kukulcán), há também a Praça das Mil Colunas, o campo de jogos de pelotas e o templo de Chac Mool. Abandonado em 670 d.C. e reconstruído 300 anos mais tarde, a cidade serve como testemunho da civilização maia, além de ter importância astrológica. Essa última característica é que tem atraído ainda mais visitantes.

Fotos que eu tirei do Templo dos Guerreiros e do observatório El Caracol

Durante as nossas aventuras pela região tivemos a oportunidade de conhecer essas 3 ruínas Chichén Itzá, Ruínas de Tulum, Ruínas de Cobá. Ficou faltando apenas as Ruínas de Ek Balam, ficará para a próxima visita ao México.

Um pouco da História de Chichén Itzá

Chichen Itza foi um dos maiores centros maias da península de Yucatán. Ao longo de sua história de quase mil anos, povos diferentes deixaram as suas marcas nesta cidade. A visão dos toltecas Maia e do mundo e do universo é revelado em suas obras artísticas e monumentos de pedra. Na região norte da península de Yucatán, em um planalto de calcário estão as relíquias de Chichien Itzá, uma das cidades mais poderosas dos Maias. Ruínas dos templos dessa antiga civilização se espalharam-se nas selvas da Guatemala até a península de Yucatan.

Hoje, Chichén Itzá atrai milhões de visitantes que vêm para se maravilhar com as ruínas espetaculares. A história de Chichén Itzá como muitos aspectos da história maia é um  pouco obscura, e registros escritos são escassos. A maioria das fontes concordam, que Chichén Itzé existia principalmente como um centro cerimonial da civilização maia.

A área foi abandonada por cerca de cem anos (não se sabe a razão), só foi habitada novamente em torno de 900 dC. Pouco antes de 1000 dC, foi invadida por um povo do norte (os toltecas). Os toltecas estavam estabelecidos perto da moderna Cidade do México em Tula, cerca de 900 dC sob o domínio de um rei Topiltzin. Topiltzin, que também recebeu o nome de “Serpente Emplumada”, ou Quetzalcoatl, o nome de um deus asteca. Fontes históricas Maias mencionam que um homem que se chamava Kukulkan chegou em Chichen Itza do oeste (Kukul significa “penas” e kan significa “serpente”) no período, que terminou em 987 dC. Um forte argumento que tem sido defendido é que Kukulkan e Topiltzin Quetzalcoatl eram provavelmente a mesma pessoa, e que ele trouxe para Chichen Itza as práticas toltecas e crenças, incluindo a prática de sacrifícios humanos. Os toltecas estavam abertos à novas idéias, e em Chichen Itza incorporando algumas crenças dos maias. A cidade é dividida em duas áreas principais diferentes: Chichen Viejo(Old Chichen) e Chichen Nuevo (Nova Chichen).

Fonte: www.chichenitza.com

Um pouco sobre o famoso Jogo de Pelotas, um combate mortal.

“Chamado de “pok-ta-pok” pelos maias, de “ullamaliztli” pelos astecas e de “juego de pelota” pelos conquistadores espanhóis, o jogo de bola mesoamericano foi o mais importante esporte ritualístico das antigas civilizações da Mesoamérica. Podia durar dias terminando, quase sempre, com o sacrifício do capitão ou de toda a equipe.”

Fonte http://www.ensinarhistoriajoelza.com.br/jogo-de-bola-combate-mortal/ – Blog: Ensinar História – Joelza Ester Domingues. No blog da Joelza Ester tem tudo bem explicado e vale muito a leitura, para já chegar bem informado as ruínas.

O campo do jogo de pelotas era construído na forma de um I, com uma zona central comprida e estreita, ladeada por paredes inclinadas e recobertas com estuque e pintadas com cores fortes. O campo de Chichén Itzá, é o maior de todos os campos de jogo de pelotas conhecidos, possuí 170 m x 70 m, maior que um campo de futebol.

Nossas fotos no campo de jogo de pelotas de Chichén Itzá

Vídeo de uma apresentação do grupo XCaret.

Vendedores de artesanato dentro do parque.

Uma curiosidade é que apenas nas Ruínas de Chichén Itzá nós encontramos diversos vendedores de artesanatos. E como são muitos, a concorrência pelos clientes fazem os preços irem baixando. Foi o lugar mais barato para comprar artesanatos que nós encontramos. Não esqueça de negociar o preço e pesquisar em mais de um vendedor.

Como chegar, onde ficar, horários e ingressos.

Chichén Itzá não fica tão próximo de Cancún, portanto é preciso organizar-se para o passeio. De carro, por exemplo, são mais de 2 horas de viagem a partir da Zona Hoteleira. Embora ambos fiquem na Península de Yucatán, as localidades ficam em estados diferentes. Cancún fica no estado de Quintana Roo e Chichén Itzá no estado de Yucatán.

Partindo de algumas cidades, essas são as distâncias para se chegar até as ruínas de Chichén Itzá.

  • Valladolid (45 km);
  • Tulum (152 km);
  • Mérida (152 km);
  • Playa del Carmen (180 km);
  • Zona Hoteleira de Cancún (220 km);

Opções para chegar até as ruínas são as seguintes:

  • Fazer a viagem com um carro alugado e pernoitar na cidade de Valladolid , que fica próxima de Chichén Itzá. Na região, é possível visitar vários cenotes e ainda conhecer melhor a cidade de Valladolid.
  •  Fazer um passeio com um grupo de excursão partindo de Cancún ou Playa de Carmen.

Como estávamos com o tempo curto, pois no outro dia iríamos para Cozumel . Optamos por fazer o passeio com uma agência de excursões. Prefira um lugar onde você possa visitar o escritório físico da agência, assim em caso de reclamação, é só voltar no mesmo lugar. Na Plaza Caracol, em Cancún, existem várias lojas e quiosques. Na Quinta Avenida, em Playa del Carmem, onde estávamos hospedados, também existem várias opções. Outra boa opção é reservar pelo hotel onde você está hospedado. Em caso de algum problema ou reclamação, você também contará com o suporte do hotel.

Nós escolhemos fazer o passeio com a empresa Xcaret renomada e onde o conforto dos tours geralmente é maior que nas demais agências de Cancun e Playa del Carmen.

Escolhemos o TOUR XICHEN DELUXE , foi tudo muito bem organizado, adoramos. Saímos no horário programado, ônibus muito confortável e limpo. Bebidas e comidas a vontade durante a viagem, guia incluso e muito bom . O almoço foi no restaurante La Casona de Valladolid, muito bom. Essa excursão é um pouco mais cara, mas vale muito a pena pelo conforto. Na volta no final do dia você volta dormindo.

Dica: Comprando os tickets diretamente no site dos parques Experiências Xcaret e com uma certa antecedência você ganha os seguintes descontos.
    >> 10% de desconto comprando com 7 a 20 dias de antecedência.
    >> 15% de desconto comprando com mais de 21 dias de antecedência.

Detalhes do pacote do Tour Xichen Deluxe: Desfrute de um tour de luxo até a enigmática Chichén Itzá

  • Desde Cancún ou da Riviera Maya, realize o tour arqueológico mais completo e exclusivo a Chichén Itzá, México.
  • Viaje em ônibus de luxo a uma das sete maravilhas do mundo moderno Chichén Itzá, enquanto desfruta de um café da manhã gourmet a bordo. Realize um passeio com guia por seus imponentes vestígios mayas, famosos por sua precisão matemática com a qual foram construídos.
  • O Tour Xichén Deluxe inclui visita a cidade colonial de Vaiadolid, aí você conhecerá o cenote Zací e se deleitará com a deliciosa comida yucateca tipo buffet, em um lindo casarão do século XVlll.
  • Viva a majestosa Chichén Itzá, patrimônio da humanidade, com o tour mais luxuoso de Cancún e da Riviera Maya!

Tour do Grupo Xcaret: o grupo Experiências Xcaret (dos parques Xcaret, Xel-Há e Xplor) oferece alguns tours pelos sítios arqueológicos. É uma empresa renomada.

Outras empresas: Tio Nenê Tours (Empresa brasileira)

Nosso parceiro Get yor Guide oferece passeios para as melhores atividades turísticas em todo o mundo.

Contato (Site oficial: Zona Arqueológica de Chichén Itzá)

Serviços disponíveis lá na entrada da Zona Arqueológica.

Possui estacionamento para muitos carros, sanitários, bilheteria, loja de artesanato regionais e lanchonetes. Na entrada é possível contratar alguns guias (Mas não é obrigatório)

Horário de funcionamento

Segunda à domingo de 08:00 a 17:00 horas (último acesso às 16:30 hrs.).

Valor do Ticket: 70 pesos por pessoa

Contato

Zona Arqueológica Chichén Itzá 01 (985) 8 51 01 37
Centro INAH Yucatán 01 (999) 9 13 40 34 ext.  398003 y 9 44 40 68
direccion.yuc@inah.gob.mx

Recomendações

Respeitar o patrimônio cultural do sítio histórico e a natureza ao redor.

Use roupas leves e confortáveis, bem como tênis ou sandálias, protetor solar e leve bastante água.  A visita é bem agradável, o lugar não é muito arborizado. Levar dinheiro ou cartão para comprar souvenir e gastos pessoais.

Um pouco da nossa experiência durante a excursão.

Primeiro fomos conhecer o cenote Zací na parte da manhã, sem banho. Apenas uma visita para contemplar o lugar. Confesso que fiquei com vontade de nadar e mergulhar nesse cenote.  Algumas agências permitem o banho durante a visita. Essa é uma vantagem de ir por conta própria, você pode aproveitar melhor os lugares. O nome Zací tem origem na antiga cidade maia de Zací que existia no local onde hoje é a cidade de Valladolid. Zaci significa gavião branco que é um dos símbolos da cidade.

Cenote Zací

Depois da visita ao cenote, partimos para visitar as Ruínas de Chichén Itzá. Após a visita as ruínas (duração 3 horas), partimos para a cidade colonial de Vaiadolid, onde almoçamos no restaurante La Casona com uma deliciosa comida yucateca tipo buffet, em um lindo casarão do século XVlll. O restaurante é muito bom e possui uma decoração peculiar.

Restaurante La Casona

Na área externa do casarão do Restaurante La Casona, é possível comprar algumas lembrancinhas na lojinha de artesanatos. No final do pátio existem algumas estátuas com referências religiosas, muito bem decoradas.

Lojinha de Artesanatos dentro do Restaurante

Depois do almoço fomos passear pela região central da cidade de Vaiadolid, que possui uma bela praça. A praça central da cidade leva o nome de Parque Francisco Cantón Rosado. A praça é linda típica de cidades do interior, com o vai e vem de turistas que passam rapidamente por Valladolid após a visita à Chichén Itzá. cercada por restaurantes e lojas de artesanatos. Localizada bem em frente à praça principal, a igreja colonial de SAN GERVAZIO que começou a ser construída em 1543, mesmo ano da fundação da cidade de Valladolid. A entrada é gratuita.

Próximo a cidade de Valladolid fica a reserva natural de Ria Lagartos.

Onde ficar em Valladolid

Selecionamos algumas opções bem avaliadas no booking  , que normalmente tem os melhores preços de hotéis e pousadas, uma variedade enorme, avaliações feitas por hóspedes reais, e algumas opções tem cancelamento grátis.

Casa Hipil : Com uma piscina ao ar livre aberta durante todo o ano, varanda e terraço ao ar livre, a Casa Hipil está localizada em Valladolid, na região de Yucatán, a apenas 200 metros de distância do Centro Histórico (praça principal) e a uma curta distância das principais atrações e serviços que a cidade oferece. A propriedade fica a apenas 38 km de distância da cidade arqueológica Chichén Itzá.

Hotel Casa Bamboo : Oferece Wi-Fi gratuito em toda a propriedade e quartos com ar-condicionado em Valladolid. Entre as várias comodidades estão uma cozinha compartilhada, um jardim e um terraço. A propriedade dispõe de recepção 24 horas. A estação rodoviária de Valladolid fica a apenas 100 metros e Chichén-Itzá fica a 38 km da acomodação.

Hostal Mamacha: Dispõe de Wi-Fi gratuito e vista para o jardim em Valladolid. Todos os quartos possuem terraço. Os quartos da pousada dispõem de varanda térrea. As unidades dispõem de mesa de trabalho.A equipe da recepção fala inglês e espanhol e está sempre à sua disposição. Chichén-Itzá fica a 38 km do Hostal Mamacha.

Hotel Casa Margarita:  Localizado em Valladolid, o Hotel Casa Margarita dispõe de jardim e terraço. A propriedade dispõe de recepção 24 horas e piscina ao ar livre. Os quartos incluem uma varanda térrea. Todos os quartos do hotel estão equipados com TV de tela plana. Com banheiro privativo, alguns quartos do Hotel Casa Margarita também oferecem vista da piscina. Chichén-Itzá fica a 38 km da acomodação. Essa acomodação também tem uma das localizações mais bem avaliadas em Valladolid! Os hóspedes estão mais felizes com ela, em comparação a outras acomodações na região.

Casa Valladolid Boutique Hotel : Oferece piscina ao ar livre e WiFi gratuito. Com um jardim, a propriedade também dispõe de um terraço. A acomodação oferece recepção 24 horas e balcão de turismo para os hóspedes. Os quartos estão equipados com banheiro privativo e chuveiro, e alguns quartos estão equipados com varanda. Os quartos da Casa Valladolid Boutique Hotel têm ar condicionado e um guarda-roupa. Um café da manhã continental é servido todas as manhãs na acomodação. Chichén-Itzá fica a 38 km da Casa Valladolid Boutique Hotel.

O que fazer a mais nas proximidades de Valladolid

Esses pontos nós não visitamos, mas na próxima visita ao México farão parte do nosso roteiro.

Ria Lagartos – Reserva Especial da Biosfera

A reserva Ria Lagartos está localizada muito próxima de Valladolid, na península de Yucatán. A região foi declarada como Reserva Especial da Biosfera no ano de 1979, e para poder entrar será necessária uma licença especial outorgada pelas autoridades correspondentes. Ao longo dos 60 mil hectares protegidos, localiza-se a maior população de flamingos no México com mais de 40 mil aves.

Fonte: pixabay

Vídeo do canal – [México Travel Channel] possui bastante informações.

Las Coloradas  (Entrada Grátis)

As lagoas rosas “Las Coloradas” ficam em uma propriedade privada, de onde é extraído a maior parte do sal consumido no México. Durante o processo de produção de sal, são formados os grandes lagos cor-de-rosa vibrante. Esses lagos ficam com essa coloração devido às algas vermelhas, plâncton e a grande quantidade de artêmias de água salgada que prosperam no ambiente salgado. À medida que a água evapora, esses organismos se tornam mais concentrados, brilhando a luz do sol mexicano.

Fonte: pixabay

Localização

elaterraeumar lascoroladas mapa

Las Coloradas (a aldeia) não tem opções de alojamento, mas eles têm um restaurante. A maioria dos viajantes fica na cidade vizinha de Rio Lagartos, a 30 minutos de distância. Passeios populares aos manguezais e passeios de barco para ver os Flamingos são encontrados em Ria Lagartos, que costumam parar nos lagos cor-de-rosa também.

elaterraeumar lascoroladas mapa2
Google Maps

Não deixem de visitar Valladolid durante a sua visita ao México!

Boa viagem

Se você tem alguma dúvida, escreve aqui nos comentários, terei o maior prazer em poder ajudá-lo(a).

Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe o seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais.

Este post contém links para sites afiliados e parceiros.

Planeje a sua viagem com nossos parceiros.

Booking normalmente tem os melhores preços de hotéis e pousadas, uma variedade enorme, avaliações feitas por hóspedes reais, e algumas opções tem cancelamento grátis. Comece agora reservando seu hotel no Booking.com

Um outro recurso é o Airbnb. Ele permite que você alugue casas, sítios, apartamentos, quartos e até embarcações, tem opções para todos os bolsos e gostos, de quartos simples em casas de família até mansões cinematográficas.

O legal do Airbnb, além do preço, é que ele é seguro, tanto para o proprietário como para quem está locando, é possível ver as avaliações de outros hóspedes e você paga no cartão de crédito no ato da reserva, podendo inclusive parcelar, e o proprietário recebe apenas 24 horas após sua entrada.

Já reservei hospedagem para as minhas viagem e consegui uma economia de cerca de 60%, vale muito a pena.

Cadastre-se no Airbnb através desse LINK e ganhe R$130 de desconto em sua primeira viagem.

Seguro Viagem – Garanta uma viagem SEGURA

Para viajar bem tranquilo e sem dor de cabeça, não se esqueça de fazer o seu seguro viagem! Já precisamos de atendimento médico durante nossas viagens pelo mundo a fora e felizmente tínhamos o seguro para cobrir as despesas. Sugerimos sempre fazer uma busca nas opções do site da Seguro Promos

Economize tempo e dinheiro pesquisando o melhor Seguro Viagem com o comparador da Seguros Promo! 5% de desconto extra com o cupom: ELATERRAEUMAR5 

Para viagens comuns, normalmente procuramos o seguro que tenha o melhor preço. As coberturas tradicionais são muito semelhantes entre os seguros. Você pode fazer a sua cotação pela Real Seguro que possui várias seguradoras conveniadas. Através dela você compara o custo-benefício de mais de 10 seguradoras. A contratação é online e você recebe a apólice por e-mail. É possível parcelar em até 6x sem juros no cartão de crédito ou ter 5% de desconto para pagamento à vista. Escolha o seguro viagem adequado pra você.

Dicas de como escolher o seguro viagem (Clique aqui)

Esse post pode contem links de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Sempre confirme datas, preços e informações. 

Na lateral direita existem vários banners dos nossos parceiros (com descontos exclusivos), você não pagará nada a mais pelo serviço e ainda ajuda o nosso blog. Desde já nós agradecemos.

Compartilhar

Aposto que você tem amigos ou companheiros de viagem que adorariam receber essas dicas.

São várias as maneiras de compartilhar:

  • Compartilhando os artigos do blog nas redes sociais (há botões para isso no final dos posts)
  • Indicando o link do Ela Terra Eu Mar para os seus amigos.

Vai viajar para Cancun? Então,leia também as nossas outras dicas sobre o México.

As Ruínas Maias de Tulum, México.

As Ruínas Maias de Cobá, México.

Ilha Holbox, como chegar, onde ficar e o que fazer.

Mergulho com tubarões baleia na Ilha Holbox, México.

Cozumel – Como chegar, onde ficar e o que fazer.

Caye Caulker o paraíso em Belize. Como chegar, onde ficar e o que fazer.

Mergulho no Great Blue Hole, Belize.

Ela terra Eu mar nas redes sociais.

logo-menor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: